Nós, da congregação, do conselho diretor e dos programas  de Pós-graduação do IFCS (PPGF, PPGLM e PPGSA) repudiamos a nota do CNPq, na qual se anuncia o projeto de transformar a distribuição de bolsas em editais e chamadas públicas organizados pelo órgão, estipulando como critérios noções vagas como “inovação” e “projetos vinculados a modalidades e temáticas de áreas prioritárias e estratégicas para o MCTIC”. Nosso temor é que as humanidades acabem sendo profundamente prejudicadas, pois, o seu caráter de inovação não é facilmente mensurável. No entanto, não há inovação sem pensamento crítico, característica patente da produção acadêmica em ciências humanas. Além disso, preocupa-nos o futuro dos nossos cursos de pós-graduação: seja porque não terão autonomia na distribuição de bolsas, a partir das análises internas à área de mérito; seja porque, sem bolsa, nossos alunos dificilmente poderiam cursá-los. Conclamamos nossa comunidade  universitária para rejeitar, terminantemente, os termos dessa proposta injusta, pouco inclusiva e sem uma visão global da consiliência entre saberes.

 

 

 

Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Endereço: Universidade Federal do Rio de Janeiro - Largo São Francisco de Paula, 1 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20051-070
Telefone: (21) 3938-0445

UFRJ Instituto de Filosofia e Ciências Sociais - IFCS
Desenvolvido por: TIC/UFRJ